.mais sobre mim

.Calendário

.posts recentes

. Estranho

. Sou tão inconstante!

. Alicia Keys - No One

. Tomar decisões e fazer es...

. I Kissed a Girl

. If I were a boy

. Alguem soy yo

. Confusão

. "Confusão Sentimental..."

. Reviver

.links

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.pesquisar

 

.Rádio

.As minhas visitas

.tags

. todas as tags

Segunda-feira, 19 de Março de 2007

Tão longe, tão perto

Eu achei que não fosse acontecer. Não era para acontecer. Mas dizem que é assim, nos pega de surpresa. E nos pega de jeito. De repente meu coração começa a bater acelerado. Borboletas voando pelo estômago. Sininhos tocando.

Tu entras-te na minha vida sem pedir licença. Sem bater na porta. Apenas entras-te. Talvez porque a porta já estivesse aberta, apenas esperando que alguém fosse entrar assim, do jeito que entrou, correndo.

E eu, que sempre fui desconfiada, que nunca acredito em quem gosta de mim, confiei imediatamente. Tão imediatamente, que fico até com medo.

Nosso encontro já aconteceu. O destino quis que fosse assim, difícil. E difícil, vai ficar ainda mais. Porque a distância dói. A saudade aperta. E a vontade de estar contigo... só cresce mais e mais.

Não sei onde isso vai parar. Não quero saber onde isso vai parar. Não quero pensar que isso algum dia pode parar.

Porque eu já (.... ).E a tendência é sempre piorar (ou melhorar).

sinto-me:
Cláudia às 11:56
| comenta | favorito