.mais sobre mim

.posts recentes

. Estranho

. Sou tão inconstante!

. Alicia Keys - No One

. Tomar decisões e fazer es...

. I Kissed a Girl

. If I were a boy

. Alguem soy yo

. Confusão

. "Confusão Sentimental..."

. Reviver

.links

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007

Não sei como apareces de repente...

Não sei como apareces de repente

atrás de qualquer coisa tão comum.

Fantasma, vens do nada, do nenhum,

assombras-me dum modo diferente.

Não sei qual a magia que tu usas

que põe a minha vida assim presa.

Não sei como me apanhas de surpresa

Não sei como te fazes nevoeiro

opaco, envolvente, sorrateiro,

que tento abraçar mas não agarro. 

Nem sei porque feitiço ou que arte

consigo facilmente imaginar-te

no fumo que se solta do cigarro.

 

tags:
Cláudia às 07:03
| favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres