.mais sobre mim

.Calendário

.posts recentes

. Estranho

. Sou tão inconstante!

. Alicia Keys - No One

. Tomar decisões e fazer es...

. I Kissed a Girl

. If I were a boy

. Alguem soy yo

. Confusão

. "Confusão Sentimental..."

. Reviver

.links

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.pesquisar

 

.Rádio

.As minhas visitas

.tags

. todas as tags

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

Felicidade... Você conhece?

Você poderia me dizer o que uma pessoa precisa para ser realmente feliz?
Precisa de um amor?
Precisa de dinheiro?
Precisa de carinho?
Eu posso não saber a resposta, mas já cheguei a sentir esta felicidade.
Ela te deixa tão bem, que o mundo poderia acabar... mas você não estaria se importando, porque você viveu o que desejava.
Mas quer saber... Quando nos crescemos interiormente, percebemos que esta felicidade, não foi real.
Uma felicidade real, não é aquela que dura tempo o suficiente para se tornar inesquecível, e sim aquela que dura para sempre, não tendo um tempo suficiente e ela será sempre inesquecível.
Sabe de uma coisa ?
Nesta vida ninguém, ninguém mesmo, é feliz sozinho...
Cedo ou tarde você irá perceber isso, o tempo te dirá.
Eu sonho em encontrar minha felicidade... Quem não sonha?
Mas eu sei que ela esta por aí, apenas me esperando... esperando eu ser persistente o bastante pra lutar por ela e realmente a merecê-la.


E VOCÊ O QUE ANDA FAZENDO PARA TER A SUA?

Cláudia às 11:30
| comenta | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007

Coisas da vida...



Hoje ao despertar, abri a janela do meu quarto para o mundo e me pus a pensar, nos momentos de felicidade que você me proporcionou, chegou tão de repente, me fez mudar num segundo.
Lembro-me da alegria dos poucos e inesquecíveis dias que sua presença marcou minha vida.
Aos poucos fui me envolvendo, me deixei levar por seu jeito, seu sorriso meigo que me atraiu, me cativou.
A cada dia me surpreendia de um modo diferente, cada sorriso, cada olhar esboçados em meu rosto arrancados por você, mas logo me deparei comigo e meus pensamentos, fechei meus olhos, pois tudo já fazia parte do seu passado... e agora só tenho as lembranças.
É você que por alguns dias, uma semana, um mês talvez foi o meu sonho, a minha realidade, mas que logo foi se desfazendo, se acabando, ficou tão diferente, comecei a conhecer meu amor real.
Me senti traída pela vida, pois já havia caído tão fundo na emoção, a insegurança, a fragiladade, a mágoa por diversas vezes me fizeram buscar nas lembranças, qual foi o mal que eu te fiz?
Meu coração bate ligeiramente apertado, machucado... Mas hoje, após uma longa reflexão, resolvi ir além enxergar o que não posso ver, lutar apesar das barreiras e vencer apesar dos obstáculos - não vou sofrer, essa é uma chance que todos tem a cada raiar do dia, em cada nascer do sol, uma oportunidade que Deus nos coloca em cada novo amanhecer... Não vou me esconder atrás de "melhor assim", mas vou seguir em frente, nada foi em vão...
Sei, vou ficar bem!
Cláudia às 09:48
| comenta | favorito
Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

Perda

 

Perde se os sonhos, as alegrias se desfazem.

A sombra se torna imensa, as noites são infinitas, mas você se foi e lá no fundo a voz do coração grita o teu nome.

Mas a perda é total, agora só trevas, uma grande saudade invade silenciosamente a minha alma.

Na penumbra vejo teu vulto que reluz como num sonho.

Mas é tarde, acabou só restou uma grande solidão.

Cláudia às 00:35
| comenta | favorito
Sábado, 24 de Fevereiro de 2007

Pergunto-me..

 
Pergunto-me se a realidade existe
Se aquilo que vejo existe mesmo
De quem amo nada espero
Mas a esperança existe em mim
 
A eternidade faz parte do meu ser
Consigo agora me desprender do mundo das pessoas
Vôo alto, bem alto
Até ao meu mundo para além da terra
 
O que está para além do existente
É tão bonito
É tão perfeito
Quero te beijar, quero te tocar
 
Os teus olhos me sorriem
Amas-me de verdade
A eternidade é nossa
Quero o mais puro dos teus sentimentos
 
Cai
Cai dos meus altos vôos
Voltei à suposta realidade
O meu mundo fugiu-me por entre as pontas dos dedos
 
A inveja
Que sentimento horrível
Mas nesta realidade invejo quem amas
Pois ela tem e não quer aquilo que eu mais quero
 
Choro, choro, choro...
As lágrimas escorrem-me pelo rosto
A pureza dos meus sentimentos reside nelas
São tudo o que posso fazer por ti


tags:
Cláudia às 11:31
| comenta | favorito
Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2007

NESTE MOMENTO!

Neste momento!
Só quero lembrar a todo instante
Que não me importo com palavras omissas
Mas com o meu e o seu sentimento presente.

Neste momento!
Não estou nem ai que se dane o que alguns pensam
Falam ou escrevam o que conta é isto
O que você e eu sentimos.

Neste momento!
Eu agradeço por sua existência presente em minha vida
Hoje estou completamente apaixonada
Você é tudo que eu queria neste êxtase de alegria

Neste momento!
O sol me acaricia e em cada carinho
De você eu me lembrava tua tez, teu olhar,
Teu carisma e sorriso encantador
É incrível como você surgiu e aos poucos
Foi me conquistando e hoje estamos enamorando

Neste momento!
Nada é fantasia estou com você em minha mente
E você é minha realidade que me traz tanta alegria
Tantas coisas que eu já disse e tantas outras para dizer
Quero estar logo junto de ti para um pouco mais te conhecer


sinto-me:
Cláudia às 10:28
| comenta | favorito
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2007

Derrota

Posso ter interpretado mal
e até ter agido como um animal
Não quero me fazer de vítima
meus erros eu mesma assumo.
E é com um doce sumo que
quero tirar esse gosto de derrota
que não me sai da mente e me apavora.

Enquanto meus braços te envolviam
os seus me repudiam
Agora conforme escrevo, sinto
a vontade de chorar.
por uma derrota, já que eu queria ganhar
chorar por uma decisão frustrada
chorar por uma amizade selada
que outro rumo tomou.

Foi um desvio de olhar
que tudo isso despertou.
E o meu jeito de amar
logo então aflorou.
Mas com um ímpeto selvagem agi,
quando deveria conter-me
e silenciar meu coração que pedia:
por TI!

sinto-me:
Cláudia às 00:16
| comenta | favorito
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007

Fiz para te esquecer

Pode parecer bobagem, mas não sei mais o que fazer para te esquecer. Você definitivamente virou mania que não consigo deixar.
Já tentei de tudo, me distânciar, imaginar que havia mudado de planeta e nada, absolutamente nada surtiu efeito.
Me diz onde foi que eu errei, pois nem de mim sei mais, as vezes vejo-me no escuro e sinto que a única coisa que pode clariar-me é a ilusão de um dia ter você...
Tolice, sei que nunca terei seu amor, pois já fiz por merecer e não aconteceu. Não posso obriga-lo a gostar de mim, mas como seria mais fácil ser feliz assim. Bem fiz o que pude sei que também tentou, mas não deu.
O meu amor é bastante grande não sei quando acabará e se é que um dia ele acabará.
Hoje a única certeza que tenho é a de que preciso ser feliz, mesmo que não esteja ao meu lado.
Saiba que eu sonhei e você fez parte de cada sonho, mas para encontrar a real felicidade terei de deixar de sonhar com você, com o seu amor.
Busco o que não conseguiu me dar, busco a felicidade, a felicidade de viver e simplesmente viver...
Até um dia!
Pois sei que nos encontraremos e será neste instante que terá a certeza de que ninguém te amou com eu te amei.

sinto-me: confusa
Cláudia às 13:16
| comenta | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2007

Ciúmes

Ciúmes maldito ciúmes,
Estranho sentimento louco,
Que invade nosso corpo,
Quando estamos amando.

Total sensação de dominio,
Sobre alguém que as vezes nem possuímos,
Mas que nos toma inteiramente,
Que nos têm na palma das mãos,
Que Possuí muito mais que um simples coração.

Cláudia às 08:19
| comenta | favorito
Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007

Não sei como apareces de repente...

Não sei como apareces de repente

atrás de qualquer coisa tão comum.

Fantasma, vens do nada, do nenhum,

assombras-me dum modo diferente.

Não sei qual a magia que tu usas

que põe a minha vida assim presa.

Não sei como me apanhas de surpresa

Não sei como te fazes nevoeiro

opaco, envolvente, sorrateiro,

que tento abraçar mas não agarro. 

Nem sei porque feitiço ou que arte

consigo facilmente imaginar-te

no fumo que se solta do cigarro.

 

tags:
Cláudia às 07:03
| comenta | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 18 de Fevereiro de 2007

Amar…

O amor...
Algo muito complicado...
Amamos quem não queremos
e não amamos quem devemos...
Se o procuras não o encontras,
se o evitas das de caras com ele...
Umas vezes é longo mas muito calminho,
outras é curto mas muito intenso...
Chega sem avisar e
vem sempre para ficar...
Não quer saber se é bem-vindo nem
dos estragos que fez ou que vau fazer...
E por mais que estejas preparada,
consegue sempre surpreender-te...
Não faz girar o mundo mas
faz valer a pena que o mundo gire...
O amor é algo que...
Simplesmente acontece...

tags:
Cláudia às 07:56
| comenta | favorito