.mais sobre mim

.posts recentes

. Estranho

. Sou tão inconstante!

. Alicia Keys - No One

. Tomar decisões e fazer es...

. I Kissed a Girl

. If I were a boy

. Alguem soy yo

. Confusão

. "Confusão Sentimental..."

. Reviver

.links

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007

Quero...

Nem a tristeza, nem a desilusão
Nem a incerteza, nem a solidão
NADA ME IMPEDIRÁ DE SORRIR.
Nem o medo, nem a depressão,
Por mais que sofra meu coração,
NADA ME IMPEDIRÁ DE SONHAR.


Nem o desespero, nem a descrença,
Muito menos o ódio ou alguma ofensa,
NADA ME IMPEDIRÁ DE VIVER.
Em meio as trevas, entre os espinhos,
Nas tempestades e nos descaminhos,
NADA ME IMPEDIRÁ DE CRER EM DEUS.

Mesmo errando e aprendendo,
Tudo me será favorável,
Para que eu possa sempre evoluir
Preservar, servir, cantar,
Agradecer, perdoar, recomeçar...

QUERO VIVER O DIA DE HOJE
COMO SE FOSSE O PRIMEIRO,

Quero viver o momento de agora
Como se ainda fosse cedo,
Como se nunca fosse tarde.

Quero manter o otimismo,
Conservar o equilíbrio,
Fortalecer a minha esperança,
Recompor minhas energias,
Para prosperar na minha missão
E viver alegre todos os dias.

Quero caminhar na certeza de chegar,
Quero lutar na certeza de vencer,
Quero buscar na certeza de alcançar,
Quero saber esperar
Para poder realizar os ideais do meu ser.
ENFIM,
Quero dar o máximo de mim, para viver
Intensamente e maravilhosamente
TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA.


Cláudia às 11:53
| comenta | favorito
Domingo, 7 de Janeiro de 2007

Chuva



Sinto-me triste
Quando chove,
Se chove o vento leva-me a alegria
As nuvens trazem-me escuridão ao pensamento
A noite rouba o lugar ao dia
E faz do que era dia um mau momento
Sinto-me triste,
Porque o vento levou todo o meu calor
Trouxe água para me molhar
Escondeu notícias do meu amor
Haverá motivos para estar alegre?
Se estou fechada,
Se não o vejo,
Se estou gelada
Se já não penso em mais nada
Se não na chuva que vejo cair
Que me levou tudo
E não quer devolver o meu sorrir
E por isso…eu quero partir, eu quero partir!
Cláudia às 22:33
| comenta | favorito
Sábado, 6 de Janeiro de 2007

CONFLITO

 


EF-A015.gif


Não sei o que se passa
Não consigo pensar
Tenho medo do que se trata
Não me consigo encontrar.
Vai longe o tempo…
Em que senti o mesmo
Talvez…com outro fundamento.
Luto para que nada aconteça
Magoar alguém…não é correcto
Talvez eu desconheça
O que é ou não certo!
Vejo onde está a razão,
Uma força interior me impele
Estou sempre pronto a dar a mão.
Quero ser sincero
Quero dar confiança
Em troca…nada quero.
Não sei o que fazer
Um amigo serei
Mas…também não quero perder
Quem eu encontrei.
Vivo os meus dias com amargura
Pareço uma criança
Esta é…uma luta dura
Mas encaro-a com confiança.
Sinto um louco divagar
De movimentos sem sentido
Olho o mundo por olhar
Caminho sem ser destemido.
Não sei o meu destino,
O imprevisto, tem outro sabor
Seguirei o caminho
Que o coração queira impor.

Sonho sem ser sonhado;
Penso sem ser pensado

tags:
Cláudia às 09:00
| comenta | favorito
Sexta-feira, 5 de Janeiro de 2007

VAMOS VIVER

 

Especial-049.gif

VAMOS VIVER…. ATÉ QUANDO NINGUÉM SABE !!!

PASSAMOS UMA VIDA À ESPERA DE UM AMANHÃ MELHOR…

E O TEMPO… ESSE VAI PASSANDO, ILUSÕES PERDIDAS, METAS A ATINGIR, DIFICULDADES PARA ULTRAPASSAR, E… TANTAS, TANTAS SAUDADES…

 

 

QUE INTERESSA… ISSO NÃO É VIVER ??

 

 

 

AMANHÃ…. HAVERÁ SEMPRE UM AMANHÃ !

 

 

UM AMANHÃ QUE SEM PEDIR LICENÇA, MUDA A NOSSA VIDA, E DEPOIS NOS CONVIDA A RIR OU A CHORAR…

 

 

UM AMANHÃ QUE NÃO CONSEGUIMOS CONHEÇER OU VER O QUE NOS ESPERA, NEM SABEMOS AO CERTO ATÉ ONDE NOS VAI LEVAR.

 

 

MAS, HAVERÁ SEMPRE UM AMANHÃ…

SEM PIEDADE, NEM HORA DE CHEGAR…

UM AMANHÃ QUE DE CERTO, UM DIA POR FIM DESCOLORIRÁ!!!

 

Cláudia às 21:54
| comenta | favorito
Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2007

...

Nem uma palavra...
Nem uma única
O quarto está escuro
A vela apaga suavemente
Por momentos passaram por mim
Dois minutos,
Duas horas,
Dois Anos,
Duas vidas...
Um êxtase de pensamentos,
E um pássaro infeliz…
Pela manhã sai para a cidade
E procurei-me no meio de corpos desenfreados
Não me encontrei...
Estava à beira de me enganar de novo
E se eu não conseguir ir até ao fundo
Irei aonde a minha alma me deixar
Irei onde eu me cansar
Será que irei?
Até onde houver estrada para andar eu vou
Vou caminhando
Dois minutos…
Foram antes dois dias…
Fui dormir no chão com alguma dor de cabeça
Deitei-me junto à janela
E morri uma vez mais
Como tantas outras…
Em tantas mais páginas
Mais uma…
Sozinha
Mais uma madrugada
Cansada
Imprudente
Pálida
Inconstante
Sonhadora
Morri uma vez mais…
Por momentos pensei que não queria mais respirar
Mas depois lembro-me como é sempre bom acordar
De manhã
Hum, e como é bom…
Há se vocês soubessem…
Ao ser incauto torno-me fraca
Sou mutável…
Instável
Variante
Sou eu assim
Não sei porquê…
Não me perguntes porquê…
Sou aquele que sonha fatigado
De percorrer um caminho incerto
Talvez amargurado!
O que seria a vida
Sem de vez em quando saborear um sabor
Amargo adocicado
Será a vida um apocalipse de doces desejos inatingíveis?

sinto-me: Nostálgica
tags:
Cláudia às 20:36
| comenta | favorito
Quarta-feira, 3 de Janeiro de 2007

E o Sonho Continua..

 
Dizia eu, estão lembrados?
que estávamos na beira da praia,
apreciando o por do sol...
Tudo isso me permitia minha imaginação:
sonhar com esses momentos de emoção,
desejando que eles se tornassem realidade,
que fizessem sorrir meu coração...
E o sonho teve sua seqüência ...
 

Continuamos nossa andança, descalços,
recebendo em nossos pés,
o mar que parecia abençoar nossa união.
 

O sol que já se escondera por trás de uma montanha,
ainda resplandecia seus raios nas nuvens...

Aos poucos escurecia ...

Sentamo-nos... conversamos ...
Confessando um ao outro nossos desejos,
e a cada revelação, trocávamos beijos.

Como se fora uma namorada,
em busca do sol, seu amado,
a lua surgia aos poucos do outro lado...

E o lugar em que estávamos,
começou a ser iluminado...

Aqueles raios lunares,
acompanhado de uma brisa,
que fazia esvoaçar seus louros cabelos,
iluminava a sua face, sorridente.

Você  parecia estar muito feliz,
assim, como eu estava  também.
Porque estávamos amando.
Mesmo em meus sonhos,
o mundo parecia mais alegre,
as estrelas faiscavam
com maior intensidade...
E eu não queria acordar
para a dura realidade...

Que foram apenas palavras
que disseste, por dizer.
Que o Eu te Amo,
fora apenas uma declaração de amizade.

Que fazer?
Acordar desse Sonho que me faz feliz ?
Ou continuar nesse mundo ilusório,
mesmo sendo um tolo ou simplório...
mantendo essa doce ilusão,
de um amor que em verdade não existe,
a não ser em minha imaginação
?

tags:
Cláudia às 07:57
| comenta | favorito
Terça-feira, 2 de Janeiro de 2007

Os sonhos

 



Os sonhos nascem de uma esperança, que muitas vezes com o decorrer do tempo vem a ser esquecido.
Isto não significa que não ousaremos mais sonhar ou que jamais este sonho será relembrado, mas que simplesmente deixamos de acreditar em suas realizações.
Os sonhos muitas vezes são construídos com um sorriso, com um afeto, com uma palavra, com um olhar, com um abraço, com um beijo, com um toque ou uma lembrança.
Os sonhos são a expressão da nossa vontade de que algo aconteça mundando por completo as nossas vidas e a de quem é a razão de tal. Nos tornando capazes de ter esperanças que até mesmos os sonhos mais ousados se realizarão.
Muitas pessoas não sonham por medo de nunca serem capazes de realizá-los. mas eu, ouso sonhar porque se algum dia não se realizar, valeu por ao menos ter tentado. 'Sonhe e ouse sonhar, pois jamais irás além de seus sonhos
tags:
Cláudia às 11:54
| comenta | favorito
Segunda-feira, 1 de Janeiro de 2007

A vida não é do jeito que queremos

A vida não é do jeito que queremos, pois as pessoas dificultam, elas querem as coisas do jeito delas, e não sabem esperar a suas coisas no devido lugar.Por isso que muitas vezes muitos quebram a cara achando que devia ser do seu jeito.. Devemos deixar as coisas acontecerem no nosso redor, para vermos e aprendermos.Não e avançar sem saber no que vai dar, para depois mais tarde não venhamos questionar,porque fiz isso,porque não esperei,porque não pensei,e vários porquês!!
Tem coisas que precisamos passar para aprender..
Aprender é opcional;
Viver é fundamental; então viva dos melhores jeito que for preciso, mas não viva como você quer.É com paciência e sabedoria que temos coisas boas a serem vividas...
tags:
Cláudia às 09:53
| comenta | favorito