.mais sobre mim

.Calendário

.posts recentes

. Estranho

. Sou tão inconstante!

. Alicia Keys - No One

. Tomar decisões e fazer es...

. I Kissed a Girl

. If I were a boy

. Alguem soy yo

. Confusão

. "Confusão Sentimental..."

. Reviver

.links

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.pesquisar

 

.Rádio

.As minhas visitas

.tags

. todas as tags

Domingo, 31 de Dezembro de 2006

Sonhos de fim de ano

Mais um ano está chegando ao fim, e na beleza das noites iluminadas, os sonhos de muitos corações se preparam para a viagem à procura de suas realizações, que ocorrerá durante todo o ano vindouro.
A mesma ocorreu no ano que por hora se finda.
Sonhos saíram, alguns já voltaram sorrindo e outros, de mãos vazias, aguardam a chegada do novo ano, para seguir numa nova busca.
A realização para os sonhos de alguns, quase sempre, se perde na metade do caminho, mas, se Deus quiser, ainda terão muitos outros anos para encontrá-la.
Sabemos disso porque enquanto o ser humano tiver Ele do lado, fôlego de vida, família e amigos, estará no caminho certo e seus sonhos jamais deixarão de existir.
Desejo do fundo do meu coração que, cada vez que seus sonhos seguirem viagem, eles sempre voltem para sua vida transbordando de realizações.
Que o natal seja um passaporte para que seus sonhos embarquem na “Viagem das Realizações” do ano novo e que não voltem sem a conquista dos objetivos que motivaram a mesma.
E quando a meia-noite trouxer o Novo Ano para o mundo e os fogos de artifício anunciarem a sua chegada, nossos sonhos sairão por aí...
Que Deus tome a frente e que nas noites sem luar, as estrelas brilhem mais forte, iluminando o longo caminho.
Que no próximo ano possamos ainda ser amigos e esperarmos juntos a chegada dos nossos sonhos que partiram, comemorando com imensas taças de amizade verdadeira a vinda e a realização de cada um.

FELIZ ANO NOVO!!!
Cláudia às 07:00
| comenta | favorito
Sábado, 30 de Dezembro de 2006

Feliz Natal e um Ano Novo repleto de alegrias!!!

Para Todos com votos de muitas felicidades e que o ano 2007 seja tudo o que desejam..

Cláudia às 18:43
| comenta | favorito
Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2006

A montanha da vida

A vida pode ser comparada à 
conquista de uma montanha. Como a vida, ela possui altos e baixos. Para ser 
conquistada, deve merecer detalhada observação, a fim de que a chegada ao topo 
se dê com sucesso. Todo alpinista sabe que deve ter equipamento apropriado. 
Quanto mais alta a montanha, maiores os cuidados e mais detalhados os 
preparativos.
No momento da escalada, o início 
parece ser fácil. Quanto mais subimos, mais árduo vai se tornando o caminho. 
Chegando a uma primeira etapa, necessitamos de toda a força para prosseguir. O 
importante é perseguir o ideal: chegar ao topo. 
À medida que subimos, o panorama 
que se descortina é maravilhoso. As paisagens se desdobram à vista, 
mostrando-nos o verde intenso das árvores, as rochas pontiagudas desafiando o 
céu. Lá embaixo, as casas dos homens tão pequenas... É dali, do alto, que 
percebemos que os nossos problemas, aqueles que já foram superados são do 
tamanho daquelas casinhas. Pode acontecer que um pequeno descuido nos faça 
perder o equilíbrio e rolamos montanha abaixo. Batemos com violência em algum 
arbusto e podemos ficar presos na frincha de uma pedra. 
É aí que precisamos de um amigo 
para nos auxiliar. Podemos estar machucados, feridos a ponto de não conseguir, 
por nós mesmos, sair do lugar. O amigo vem e nos cura os ferimentos. Estende-nos 
as mãos, puxa-nos e nos auxilia a recomeçar a escalada. Os pés e as mãos vão se 
firmando, a corda nos prende ao amigo que nos puxa para a subida.
Na longa jornada, os espaços acima 
vão sendo conquistados dia a dia. Por vezes, o ar parece tão rarefeito que 
sentimos dificuldade para respirar. O que nos salva é o equipamento certo para 
este momento. Depois vêm as tempestades de neve, os ventos gélidos que são os 
problemas e as dificuldades que ainda não superamos. 
Se escorregarmos numa ladeira de 
incertezas, podemos usar as nossas habilidades para parar e voltar de novo. Se 
cairmos num buraco de falsidade de alguém que estava coberto de neve, sabemos a 
técnica para nos levantar sem torcer o pé e sem machucar quem esteja por perto.
Para a escalada da montanha da 
vida, é preciso aprender a subir e descer, cair e levantar, mas voltar sempre 
com a mesma coragem. Não desistir nunca de uma nova felicidade, uma nova 
caminhada, uma nova paisagem, até chegar ao topo da montanha. Para os 
alpinistas, os mais altos picos são os que mais os atraem. Eles desejam alcançar 
o topo e se esmeram. Preparam-se durante meses. Selecionam equipe, material e 
depois se dispõem para a grande conquista. Todos nós temos um desejo, um sonho, 
um objetivo, um verdadeiro Everest. E este Everest não tem 8.848 metros de 
altitude, nem está entre a China e o Nepal, este Everest está dentro de 
nós.


“É preciso ir em busca deste 
Everest, de nossa mais profunda 
realização.'
tags:
Cláudia às 21:09
| comenta | favorito
Quinta-feira, 28 de Dezembro de 2006

Janelas Mágicas






De minha janela,
Vejo o esplendor da vida...
O raiar do novo dia, 
as borboletas em bando,
Pessoas ternas se amando,
A paisagem colorida...
Velhos se aquecendo ao sol,
Crianças subindo a rua, 
a caminho da escola,
Os passarinhos cantando, 
de manhã ao arrebol...
 (E vejo até, com tristeza, 
alguém que passa calado,
Que não conhece o amor, 
que do mundo se isola...)

É uma janela encantada 
o recanto que eu habito,
De onde admiro a cidade 
em seu momento mais bonito:
O toque da Ave-Maria, 
na capelinha distante,
E o mágico pôr-do-sol, 
multicor e radiante...

Quanto enlevo, que ventura, 
usufruir a beleza
Das flores, do céu, da terra, 
da forte mãe-natureza...
São tantos os privilégios 
que nos deu o Criador,
Mas, às vezes, esquecemos 
que em tudo existe amor...
Que, quando a tristeza aperta, 
para dela nos livrar,
Basta abrir nossas janelas, 
o universo apreciar...
Que poderemos, de fato, 
recuperar nossa calma,
Reencontrar um celeiro 
de flores e de amores,
Escancarando as mágicas... 
janelas da nossa alma... 


tags:
Cláudia às 20:24
| comenta | favorito
Quarta-feira, 27 de Dezembro de 2006

Amigos virtuais?




Quando surgiu essa fascinante rede mundial de comunicação – a internet –, abriram-se infinitas possibilidades de interação entre as pessoas pelo mundo todo, multiplicando-se amizades, amores, conhecimento... e muito mais...

Na vida, pode-se utilizar de forma indevida qualquer objeto: a mesma faca que corta seu pão poderá servir para ferir alguém... os mesmos lábios que utilizamos para beijar e acariciar, poderão ser veículos de infâmias e calúnias... O bom uso depende do usuário e de suas intenções.

Para os homens de boa-vontade, a internet tem amplos e positivos significados: desde uma fonte inesgotável e sempre crescente de conhecimento, sabedoria e reflexão, a uma possibilidade real de espantar o fantasma da solidão - para os tímidos, para os idosos, para qualquer um de nós...

E para os românticos, então...

Para os românticos assumidos, tornou-se um cantinho mágico, onde amizades e amores interagem e proliferam positivamente; onde mensagens, poemas, meditações e reflexões, trocados constantemente, trazem alento às almas sofridas, são bálsamos de ternura e encantamento que tornam o dia-a-dia mais feliz e as horas de incerteza, mais suportáveis... e para os não-românticos, uma chance de também se envolver e descobrir o fascínio dessa convivência mágica.

Convencionou-se chamar o universo da internet de "espaço virtual".

Serão essas pessoas amigos virtuais?

Não...

São reais. São amigos reais.

São reais em sua presença diuturna em nossas vidas, nos proporcionando ensinamentos, ajudando-nos a nos tornarmos seres humanos melhores.

São reais na medida em que nos incentivam em nosso processo contínuo de aperfeiçoamento moral, com a difusão de palavras em mensagens que nos conduzem a preciosos momentos de reflexão.

São reais, porque vivenciam conosco momentos reais de felicidade.

São reais porque nos ajudam a compreender que a verdadeira felicidade passa pelos bons sentimentos: de amor ao próximo, de solidariedade, de convivência pacífica, e se realiza – como diz uma meditação – pela paz na Terra aos homens de boa-vontade.

Assim é a internet para os homens de boa-vontade...

E sempre existirá a esperança de que ela poderá ter um significado positivo também para os demais, pois, afinal, o desejo do Criador é de que a paz e o amor cheguem não apenas para os homens de boa-vontade, mas para todos, especialmente aos que ainda não encontraram a boa-vontade! 

************************************

sinto-me: feliz com o regreço
Cláudia às 17:54
| comenta | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 7 de Dezembro de 2006

Ausência

Meus amigos por motivos de força maior vou estar ausente por tempo indeterminado..espero no maximo estar de volta em janeiro...desejo a todos os visitantes um Feliz Natal com muitas prendas e um Ano Novo cheio de alegria e coisas boas ...e que seja melhor que este...jokas a todos ..mesmo aos visitantes que não conheço...

Adoro vocês todos até um dia

sinto-me: Triste por voz deixar
Cláudia às 22:21
| comenta | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 6 de Dezembro de 2006

Metades...

 


 

BA00997.jpg


Porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio...

Porque metade de mim é partida mas a outra metade é saudade...


Porque metade de mim é o que ouço, mas a outra metade é o que calo...


Porque metade de mim é o que eu penso mas a outra metade é um vulcão...


Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço...


 Porque metade de mim é amor, e a outra metade... tristeza!


Porque metade de mim é a lembrança do que fui, a outra metade eu não sei...

 


Cláudia às 20:32
| comenta | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 5 de Dezembro de 2006

A proporção da vida


Eu gostaria de gritar, de chorar, de berrar, de xingar, de esbravejar.
Eu gostaria de ter a solução do meu problema, da minha dúvida, do meu mal-estar...
Eu queria ter um pouco de calma para resolver o que está machucando a minha alma e queimando o meu coração.
Eu gostaria de voar até as estrelas e roubar um pouco do brilho delas para que todos pudessem me olhar e me dar um pouco de valor.
Eu queria ser uma ave para poder voar, para poder ser livre, para voar até as montanhas mais altas, chegar até as nuvens e quem sabe receber um pouco de prazer.
Eu queria ter um barco para poder navegar aos fins do Mundo, atravessar todos os Oceanos e quem sabe ser um pouquinho feliz.
A vida nos traz alguns desejos que são impossíveis de se realizar.
Às vezes fico confusa, triste e em muitas ocasiões me sinto infeliz pelo fato de não ter ninguém para me dar um ombro amigo, para me acalmar, me segurar, me proteger...
Me sinto sozinha, não consigo me abrir, acho que a porta do meu coração não se abre rapidamente, ela tem uma chave para se abrir e para ela se abrir precisa de um tempo, não sei nem se vai se abrir ou se ela vai ficar para sempre fechada... e esse é o meu pior medo, pois o tempo que ela precisa é indeterminado, ela não tem prazo, ela é um verdadeiro ponto de interrogação no meu contexto.
A vida nos propõe dois caminhos, e a pessoa escolhe o que quer, e dentro desses caminhos há raiva, amor, inveja, carinho, traição, felicidade, ódio, união...
E muitas vezes eu fico confusa, eu não sei o que está certo ou que está errado. Pois quando estamos felizes é o amor e a felicidade é que reinam dentro de nós, mas quando estamos tristes, raivosos é a raiva e o ódio que estão dentro de nós.
A vida é uma verdadeira roda que a gente escolhe o lado certo para ela rodar.
Muitas vezes a vida é generosa, amiga, mas em outras vezes ela é tão traiçoeira que às vezes nos machuca até morrer.
Por isso eu não faço a vida me machucar, pois se ela me machucar eu machuco ela.
Se eu fosse um gênio eu daria dez voltas no Mundo, ia contar todas as estrelas do céu, iria aos planetas mais distantes só para ser um pouco feliz.
Nós não pudemos mudar os nossos sentimentos e por isso muitas vezes nós nos decepcionamos, como se algum dia eu amar uma pessoa e essa pessoa me trair, e só tem uma explicação, ela não te dá tanto valor como você dá à ela.
Por outro lado eu poderia ter uma amigo e de repente, de uma hora para outra, essa pessoa pára de te dar o carinho que você era acostumado a receber todos os dias e eu convivendo com essa pessoa todos os dias, dando todo o amor e todo o carinho que existiam dentro de mim.
Eu nunca convivi com essas situações, mas imagino como deve ser, eu acho que se fosse comigo eu não iria suportar, acho que morreria de tanta ingratidão, de tanto ódio, de tanta raiva...
Acho que o amor e a amizade devem estar em primeiro lugar em nossa vida e a traição das duas partes, a pessoa não sobreviverá.
Como se fosse um acidente, você estivesse em um carro na estrada e de repente cairia em um precipício.
Por isso eu dou um extremo valor aos meu sentimentos, pois acho que ninguém pode tirar o maior valor que existe dentro de mim, que são os meus sentimentos.
Às vezes a vida é difícil, ela possui muitos altos e baixos que são difíceis de se superar, mas eu preciso seguir a minha caminhada mesmo que se estiver cansada, pois a estrada é longa.
A vida às vezes é uma roda furiosa, pois nos apresenta muitos empecilhos no nosso viver, mas ao mesmo tempo ela nos permite olhar para trás e dizer o quanto valeu a pena o passado mesmo com esses empecilhos que existem hoje.
Mesmo com todas as dificuldades que a vida nos mostra, eu não posso escolher o meu destino, ele já está escrito, e a única coisa que me resta é ser:

FELIZ
sinto-me: Confusa
tags:
Cláudia às 09:32
| comenta | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 4 de Dezembro de 2006

COMO O CARVALHO...


Todas as vezes em que nos deparamos com problemas em nossa vida, observamos o quanto somos frágeis. As alegrias se vão e só fica a
verdade de que somos impotentes para lidar com adversidades diversas que surgem no decorrer de nossa existência. Deus nos deixa lições
interessantes em sua criação para nos mostrar o contrário, que o homem foi criado forte e que essa força é sempre adquirida e absorvida
dessas situações adversas. Você conhece uma árvore chamada de CARVALHO. Pois é, essa arvore é usada pelos botânicos e geólogos como
um medidor de catástrofes naturais do ambiente. Quando querem saber o índice de temporais e tempestades ocorrentes numa determinada
floresta eles observam logo o carvalho (existindo no local, é claro) que naturalmente é a árvore que mais absorve as conseqüências de
tempestades e temporais. Quanto mais temporais e tempestades o carvalho enfrenta, mais forte ele fica! Suas raízes naturalmente se
aprofundam mais na terra e seu caule se torna mais robusto, sendo impossível uma tempestade arranca-lo do solo ou derruba-lo! Mas não
pense que os cientistas precisam fazer estas análises todas para saber isso! Basta apenas eles olharem para o carvalho. Devido a absorver
as conseqüências das tempestades, a robusta árvore assume uma aparência disforme, como se realmente tivesse feito muita força, muitas
vezes uma aparência triste!!!!!!! Cada tempestade para um carvalho é mais um desafio a ser vencido e não uma ameaça! Numa grande
tempestade muitas árvores são arrancadas mas o carvalho permanece firme!!! Assim somos nós. Devemos tirar proveito das situações
contrárias à nossa vida e ficarmos mais fortes! Um pouco marcado, Muitas vezes com a aparência abatida, mas fortes!!!! Com raízes bem
firmes e profundas na terra! Podemos com isso compreender o que o nosso PAPAI maravilhoso quis nos ensinar quando disse que
Podemos todas as coisas naquele que nos fortalece. e também a confiança do rei Davi quando cantou: Ainda que eu ande pelo vale da
sombra da morte eu não temerei mal algum, porque Tu estás comigo..... . Por isso quando olhares pela janela o lindo alvorecer, lembre-se
que não há temor com os infortúnios do dia porque DEUS está contigo!!!!! Ele te protegerá!!!!! Se você está passando por lutas muito
grandes por estes dias, mas como o carvalho...é só mais uma tempestade que LHE tornará mais forte segundo aquele que nos arregimentou!

sinto-me: pensativa
tags:
Cláudia às 21:25
| comenta | favorito